Espelho de prata

O espelhamento da prata¹ é uma deterioração bastante comum em imagens preto e branco, seja em negativos de vidro, negativos flexíveis, fotografias em papel baritado, resinado e em outros processos cujo elemento formador da imagem é a prata.

Ela é resultado da combinação de agentes poluentes (gases oxidantes) e altos índices de umidade, que provocam uma alteração na prata que migra para a superfície da imagem.

O espelhamento se manifesta nas fotografias principalmente em áreas mais densas da imagem, onde há uma maior concentração de prata, e nas bordas.

As imagens abaixo mostram um negativo de vidro com espelhamento intenso que ocupa toda a área da imagem, resultando numa aparente “positivação”. Isso acontece porque as áreas mais escuras do negativo (que imprimem as altas luzes no papel fotográfico), iluminadas por uma luz frontal se tornam mais claras que as áreas menos densas, invertendo a imagem.

Negativo de vidro visto do lado do suporte com iluminação predominante por trás. © Anderson Gomes Santana / Centro Histórico e Cultural do Mackenzie

 

O mesmo negativo, visto pelo lado da emulsão, iluminado frontalmente reflete a prata espelhada e torna positiva a imagem visualizada. © Anderson Gomes Santana / Centro Histórico e Cultural do Mackenzie

 

¹Termos equivalentes: espelho de prata (PAVÃO, 1997), silver mirrorring (LAVÉDRINE, 2009).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *